Acesso ao principal conteúdo

Federer e Tsonga vão disputar a final do Torneio de Paris

O tenista francês Jo-Wilfried Tsonga, vencedor do americano John Isner.
O tenista francês Jo-Wilfried Tsonga, vencedor do americano John Isner. Reuters

O suíço Roger Federer, número 4 do mundo no ranking da ATP, e o francês Jo Wilfried Tsonga (n° 8) se classificaram neste sábado para a final do Masters 1000 de Paris. A decisão acontece neste domingo, a partir de 12h no horário de Brasília.

Publicidade

O suíço Roger Federer conseguiu neste sábado mais um feito excepcional em sua carreira. Federer se classificou para a final do Torneio de Paris Bercy, tornando-se assim o primeiro jogador da história a disputar a final de todos os torneios da série Masters 1000. O suíço, atualmente número 4 do mundo, venceu o tcheco Tomas Berdych por 2 sets a 0, parciais de 6-4 e 6-3 em 1h20, em quadra dura.

Federer vai disputar a final contra o francês Jo-Wilfried Tsonga, vencedor heróico do americano John Isner por 3-6, 7-6 (7/1), 7-6 (7/3), numa partida que durou quase 3 horas e na qual o número 1 francês defendeu dois tie-break.

Se Federer conquistar o troféu do último torneio da temporada, neste domingo (a partir de 12h em Brasília), ele vai ser o segundo jogador do mundo, depois do americano Andre Agassi, a vencer Roland Garros e Paris Bercy.

Com uma carreira marcada por vitórias, o suíço nunca havia chegado a uma final do Torneio de Paris. Com a elegância de sempre, Federer disse estar no melhor momento de sua carreira, principalmente pela regularidade. "Não sei se existe um jogo perfeito, mas hoje eu fiz as escolhas certas no bom momento", declarou o tenista.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.