Acesso ao principal conteúdo
Espanha/Educação

Professores espanhóis protestam contra cortes no orçamento

Manifestações espanholas acontecem quatro dias antes das eleições legislativas.
Manifestações espanholas acontecem quatro dias antes das eleições legislativas. REUTERS/Albert Gea

Nesta quinta-feira, 17 de novembro, a quatro dias das eleições gerais, professores e estudantes de fazem manifestações em toda a Espanha. O protesto visa os cortes previstos na educação anunciados pelas comunidades autônomas deste setembro. O assunto foi praticamente esquecido durante a campanha eleitoral para as legislativas.  

Publicidade

Luisa Belchior, correspondente da RFI em Madri

Essa já é a oitava greve nos últimos dois meses na educação básica. Mas desta vez o ensino superior também aderiu à paralisação e participa da manifestação do setor. Em Madri, todo o sistema educacional está parado nesta quarta-feira, onde as passeatas começam às 18h. As universidades das regiões da Catalunha, Valência, Alicante, Sevilla, Cádiz, Córdoba e Valladolid também aderiram à greve e fazem protestos.

O setor vê com muita desconfiança os investimentos na área para o ano que vem. Isso porque o candidato favorito ao cargo de premiê, o conservador Mariano Rajoy, já indicou que vai seguir com a política de austeridade e cortes em áreas como a educação. Até agora, Rajoy e seu principal rival, o socialista Alfredo Pérez Rubalcaba, praticamente não falaram do assunto em suas campanhas eleitorais.

Com as atenções voltadas para as recentes tensões do mercado por causa da crise na Grécia e na Itália, o tom econômico tem marcado os discursos dos dois candidatos neste período pré-eleições. Rubalcaba, candidato de Zapatero, tenta correr atrás de votos acusando o opositor Mariano Rajoy, com quase 50% das intenções de voto, de não ter propostas de governo para sair da crise. O conservador, por sua vez, afirma que vai reverter a trajetória de queda no crescimento.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.