Acesso ao principal conteúdo
Imprensa

Les Echos destaca ações judiciais contra a Chevron no Brasil e no Equador

A gigante Chevron é condenada por poluição ambiental de extensas áreas da Amazônia equatoriana.
A gigante Chevron é condenada por poluição ambiental de extensas áreas da Amazônia equatoriana. Getty Images/Justin Sullivan

O diário econômico Les Echos dá destaque em sua edição de hoje à multa bilionária decidida por um tribunal do Equador contra a petrolífera americana Chevron. Uma corte de apelação equatoriana aplicou uma multa à Chevron de 18 bilhões de dólares, contra 8,6 bilhões aprovados no julgamento em primeira instância, no mês de fevereiro, por poluição ambiental de extensas áreas da Amazônia equatoriana.

Publicidade

O caso envolve as atividades da Texaco no Equador, comprada pela Chevron há dez anos. A empresa foi acusada de contaminar o solo, a floresta e provocar a morte de indígenas ao enterrar durante quase 30 anos detritos acumulados pela produção de petróleo. O processo judicial não vai parar aí, já que a companhia americana deve recorrer da sentença, e a multa demorar anos e anos para ser paga.

Les Echos lembra que o governo brasileiro suspendeu as atividades de extração de petróleo da Chevron no Brasil após o vazamento no Campo de Frade, na bacia de Campos, em novembro passado.

Em nota de pé de página, o diário católico La Croix informa que o Brasil salvou 2.270 crianças do trabalho escravo em 2011, segundo dados anunciados na terça-feira pelo Ministério do Trabalho.

O vaivém do governo francês com respeito à circular sobre o visto de trabalho para estudantes estrangeiros também merece destaque nos jornais.

O Libération diz que as novas instruções anunciadas ontem pelos ministérios do Trabalho, do Interior e do Ensino Superior, flexibilizando a concessão de vistos a titulares de mestrado e doutorado, são insuficientes.

O diário conservador Le Figaro informa que o presidente Nicolas Sarkozy decidiu voltar atrás na política restritiva a estudantes estrangeiros depois que o próprio Medef, a maior organização patronal francesa, reclamou da circular de maio passado.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.