Acesso ao principal conteúdo
França/Eleições

Sarkozy lança conta no twitter e anuncia candidatura na televisão

Reprodução do perfil oficial no twitter de Niclas Sarkozy.
Reprodução do perfil oficial no twitter de Niclas Sarkozy. Reprodução

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, deve finalmente oficializar sua candidatura à reeleição na noite de hoje, num telejornal do horário nobre. Sarkozy já tem previstos dois comícios esta semana, amanhã na cidade de Annecy e domingo, em Marselha.  

Publicidade

O presidente Nicolas Sarkozy anuncia hoje à noite no telejornal mais popular da França que é canditato à reeleição. Esse primeiro dia oficial de campanha também é marcado pela abertura da conta pessoal do presidente no twitter. No começo dessa manhã, o perfil de Sarkozy já tinha quase 15 mil seguidores.

Para o chanceler francês Alain Juppé, com a entrada de Sarkozy na corrida eleitoral, "tudo vai mudar". Para Juppé, a campanha "de verdade", só começa agora. Mas o Partido Socialista discorda. Para a oposição, o presidente já estava em camapnha há muito tempo e tem, inclusive, usado ilegalmente a máquina estatal para sustentar a campanha.

Alheio às críticas, Sarkozy acena com uma guinada conservadora. Se, o começo do primeiro mandato, foi marcado por uma abertura à esquerda, num eventual segundo mandato dominará a agenda conservadora. O presidente se declarou contra o casamento homossexual, a eutanásia e o voto dos estrangeiros, por exemplo. Na economia, Sarkozy promete colocar a economia francesa nos trilhos, mas deverá ser assombrado pelos impactos da crise e pelas promessas de campanha não cumpridas. Em 2007, ele prometer colocar a taxa de desemprego abaixo de 5% e, atualmente, ela supera 9%.

Sondagem

A mais recente sondagem de intenções de voto no primeiro turno divulgada hoje mostra o candidato socialista, François Hollande, com 28% e Sarkozy com 24%. Ambos registraram um aumento de 1 ponto percentual.

O opositor François Hollande, do Partido Socialista, líder nas pesquisas, declarou que nada muda em sua campanha após a entrada oficial de Sarkozy na corrida presidencial. O primeiro turno está programado para 22 de abril.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.