Acesso ao principal conteúdo
Nuclear/França

A bordo de parapente, militante do Greenpeace invade usina nuclear na França

Ativista do Greenpeace desce de parapente em central nuclear perto de Lyon, nesta quarta-feira.
Ativista do Greenpeace desce de parapente em central nuclear perto de Lyon, nesta quarta-feira. REUTERS/Lagazeta / Greenpeace/Handout

Militantes do Greenpeace realizaram na manhã de hoje mais uma ação espetacular na França para denunciar a falta de segurança do parque nuclear francês. A bordo de um parapente, um membro da organização conseguiu invadir uma central nuclear.

Publicidade

Pilotando um parapente, um militante da ONG ambientalista conseguiu sobrevoar a central nuclear de Bugey, perto de Lyon (leste da França), e largar um sinalizador de fumaça em cima do reator nuclear. Em seguida, ele aterrissou numa área próxima e foi detido por policiais militares junto com um colega que também participou da operação.

Uma porta-voz do Greenpeace declarou que o objetivo da ação foi chamar a atenção dos dois candidatos à eleição presidencial, François Hollande e Nicolas Sarkozy, que negam, na opinião da ONG, a vulnerabilidade do parque nuclear francês, o segundo maior do mundo com 58 reatores nucleares.

De acordo com porta-voz do Greenpeace, o voo do ultraleve é a prova de que um pequeno avião poderia sobrevoar a usina. Hoje, a EDF, operadora da central de Bugey, declarou que "em momento nenhum" a central esteve sob ameaça de um acidente nuclear. O porta-voz do Ministério do Interior da França, Pierre-Henry Brandet, declarou que a invasão do ultraleve foi “detectada” rapidamente e que os agentes da central nuclear sabiam que se tratava de um militante ecologista. Segundo testemunhas, a segurança nos arredores da usina foi reforçada um helicóptero sobrevoa o perímetro.

Em dezembro passado, o Greenpeace já tinha realizado duas invasões a usinas nucleares francesas expondo as falhas de segurança. O governo anunciou em janeiro que tinha tomado medidas para reforçar a segurança

 

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.