Acesso ao principal conteúdo
França/Sociedade

Mulher mais idosa da França e da Europa faz 114 anos

Marie-Thérèse Bardet sopra as 114 velinhas do seu aniversário.
Marie-Thérèse Bardet sopra as 114 velinhas do seu aniversário.

Marie-Thérèse Bardet recebeu um buquê com 114 rosas pelo seu aniversário no sábado. Ela comemorou a data ao lado de sua família, amigos e políticos da cidade na casa de repouso onde vive, em Pontchâteau, na região de Loire Atlantique, no oeste do país.  

Publicidade

Viúva desde 1951, Marie-Thérèse Bardet tem dois filhos de 88 e 90 anos, ainda vivos, e tem sete netos, 16 bisnetos e dezenas de tataranetos.

Ela nasceu em Lorient (região de Morbihan, no oeste) em 1898 e mudou para Saint-Nazaire, na região de Loire Atlantique, antes da Segunda Guerra Mundial.

Chamada de "Super Centenária", Marie-Thérèse só pode se locomover em cadeiras de rodas e não consegue mais falar. No entanto, ela encontrou uma forma muito própria, e bonita, para se expressar: faz carícias e dá beijos no rosto das pessoas.

"A longevidade de Marie-Thérèse é estimulante para os outros pensionistas do local onde vive e seu sorriso permanente ajuda todos a se sentirem melhor", diz Laurence Delafond, diretora da casa de repouso onde mora a idosa mais famosa da França.

Atualmente, a mulher mais velha do mundo é uma americana de 115 anos, um recorde bem distante da francesa Jeanne Calment, que morreu em 1997 aos 122 anos e 164 dias.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.