Acesso ao principal conteúdo
Asilo/Islândia

Assange diz que negocia asilo de Edward Snowden na Islândia

O fundador do Wikileaks, Julian Assange, na Embaixada do Equador em Londres, no dia 14 de junho de 2013.
O fundador do Wikileaks, Julian Assange, na Embaixada do Equador em Londres, no dia 14 de junho de 2013. REUTERS/Anthony Devlin

O fundador do Wikileaks, Julian Assange, afirmou nesta quarta-feira, dia 19 de junho, que está em contato com representantes do ex-funcionário da Agência Nacional de Segurança americana (NSA) que vazou informações sobre programas de espionagem, Edward Snowden, para que ele obtenha asilo na Islândia. “Nós estamos em processo de negociação”, declarou o australiano da Embaixada do Equador em Londres.

Publicidade

Assange, de 41 anos, não informou se ele conversou diretamente com Snowden, refugiado em Hong Kong desde o dia 20 de maio, mas reforçou: “Nossas equipes na Islândia estão em contato [com os representantes do ex-funcionário da NSA] e com o governo islandês”. A informação foi confirmada por Reykjavik que disse manter "discussões informais" sobre o assunto.

Ao ser questionado se o ex-funcionário da NSA poderia deixar Hong Kong e chegar à Islândia com segurança, Assange respondeu que “todas as pessoas envolvidas [nas negociações] tratam destes problemas”.

As declarações foram feitas através de uma teleconferência da Embaixada do Equador em Londres, onde Assange está refugiado há um ano. A Suécia, onde ele é acusado de estupro e agressão sexual, pede sua extradição. Ele teme que da Suécia ele possa ser enviado aos Estados Unidos e receber a pena de morte.

O fundador do Wikileaks também exprimiu sua simpatia por Snowden, que é responsável pelo vazamento de informações sobre o Prism e o Verizon, dois programas secretos de rastreamento eletrônico e telefônico dos Estados Unidos. Parlamentares americanos exigem sua extradição, argumentando que existe um acordo com Hong Kong neste sentido. O ex-agente poderia pegar de 15 a 20 anos de prisão.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.