Acesso ao principal conteúdo
Paris/luxo

Piscina que inaugurou a moda do biquíni reabre em Paris

Piscina Molitor no 16° distrito de Paris.
Piscina Molitor no 16° distrito de Paris. http://www.mltr.fr//

Fechada há 25 anos, a piscina Molitor, no luxuoso 16° distrito da capital francesa, reabriu suas portas nesta segunda-feira (19). Mas, para frequentar esse templo da Art Déco, é preciso ser VIP.

Publicidade

Depois de obras que duraram três anos, a piscina Molitor reabriu nesta segunda-feira com grande pompa. Mais do que uma piscina, Molitor é um verdadeiro monumento da capital francesa. Inaugurada em 1929 por Johnny Weissmuller, campeão olímpico de natação e famoso Tarzan de Hollywood, a piscina foi, em 1946, a primeira passarela para uma revolução no vestuário de banho: o biquíni.

Com todo esse passado glorioso, a reabertura do local era muito aguardada pelos parisienses. Mas, transformada em complexo de luxo, o ingresso para a piscina não cabe em qualquer bolso. O acesso também é exclusivo para um público VIP.

Para nadar nas águas da Molitor, é preciso estar hospedado no hotel anexo -€215 euros (R$ 649) a diária mais barata- ou fazer matrícula num clube privado. A taxa de adesão é de € 1.200 euros (R$ 3.600) e a assinatura anual é de € 3.300 (R$ 9.900).

No verão, as piscinas públicas de Paris são disputadas entre os moradores da capital. Quem não puder, porém, frequentar a Molitor, pode se consolar. Restam ainda 38 piscinas municipais em Paris com preços, em média, em torno dos € 3 (R$ 9) o passe diário.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.