Acesso ao principal conteúdo
Imprensa

Empate técnico entre Marina e Aécio chama a atenção da imprensa francesa

Os candidatos a presidência da República, Aécio Neves (PSDB),  Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT).
Os candidatos a presidência da República, Aécio Neves (PSDB), Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT). http://fotospublicas.com/http://marinasilva.org.br/

As eleições no Brasil ganham destaque nos jornais franceses. Apontada como favorita há algumas semanas, a candidata do PSB, Marina Silva, tem perdido espaço entre os eleitores para seus adversários, o que atrai o olhar da mídia francesa nessa reta final para o primeiro turno à presidência. 

Publicidade

O diário econômico Les Echos traz uma página inteira com o perfil dos três principais candidatos.A dois dias do primeiro turno, o jornal avalia que Dilma consegue se manter na liderança apesar dos tropeços na política econômica. Mesmo com esses problemas e com o nervosismo dos mercados, os estrangeiros continuam a investir. Os executivos  franceses, diz o Les Echos, não têm a menor intenção de deixar o país.

O jornal gratuito 20 Minutes escreve que o futuro de Marina na presidência, que parecia ser o mesmo de Lula, está "naufragando". Segundo analistas entrevistados pelo jornal, Marina Silva começou muito bem nas pesquisas de intenção de voto há seis semanas. Ela se beneficiou de um "efeito afetivo" após a morte trágica de Eduardo Campos. A história de vida também ajudou a seduzir os eleitores, pondera o jornal.

Os paralelos entre a sua trajetória e a de Lula, porém, terminam aí, segundo o 20 Minutes. "Lula não ganhou porque era operário. Ele ganhou por causa das suas ideias e por causa do forte apoio do PT em vários cantos do país", afirmou um analista político ao jornal.

 

 

 

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.