Acesso ao principal conteúdo
Imprensa

Segundo pesquisa, franceses estão pessimistas sobre política, economia e amor

"As expectativas dos franceses" é a manchete do Aujourd'hui en France deste primeiro dia de 2015.
"As expectativas dos franceses" é a manchete do Aujourd'hui en France deste primeiro dia de 2015. Reprodução

Segundo o Aujourd'hui en France, os franceses estão pessimistas para este novo ano. "Muitas expectativas e poucas esperanças", escreve o editorial, lembrando que, apesar de um nível de vida relativamente privilegiado, a França é um dos países europeus onde a confiança sobre o futuro é menor. Segundo pesquisa encomendada pelo jornal, apenas 17% dos franceses esperam encontrar um amor em 2015.

Publicidade

Como lidar com o desânimo dessa população, aliás, é um grande desafio do governo. A falta de homens políticos corajosos é o que constata o economista Robin Rivaton, em entrevista do diário.

A primeira pergunta da pesquisa queria saber: entre os desejos para 2015, o que você considera como prioridade? Os entrevistados poderiam escolher três respostas. 59% dos franceses responderam que diminuir o desemprego é a principal meta para o ano novo, mas apenas 22% considera que essa meta será alcançada.

Aumentar o poder aquisitivo é desejo de 41%. Já baixar a quantia de impostos é a prioridade em 2015, mas apenas 13% acredita que isso pode acontecer.

Mais tempo para a família

Também com a possibilidade de escolher entre três respostas, no âmbito político, 63% dos franceses querem a renovação de seus políticos, 61% quer menos escândalos e 49% deseja uma aliança entre direita e esquerda para encontrar saídas para a crise. Já no âmbito econômico, 89% acredita que o país vai ter um fraco crescimento econômico em 2015, 80% já prevê a alta de impostos e 80% também acredita que haverá caos no setor imobiliário.

As esperanças pessoais dos franceses para este ano não se afastam muito dos assuntos econômicos e políticos que os preocupam. Para esta pergunta duas respostas eram elegíveis. 44% quere um aumento de salário e 28% espera encontrar um emprego melhor. 31% espera poder ter mais tempo para a família e apenas 17% espera encontrar um amor.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.