Acesso ao principal conteúdo

Depois de xingar a França e o juiz, Ibrahimovic é criticado pela imprensa

Irritado com a derrota do PSG, o jogador Zlatan Ibrahimovic (à esquerda) xingou a França, gerando indignação na imprensa.
Irritado com a derrota do PSG, o jogador Zlatan Ibrahimovic (à esquerda) xingou a França, gerando indignação na imprensa. Reuters / John Sibley Livepic EDITORIAL USE ONLY

Inaceitável, escorregão, excesso. Essas foram algumas das reações indignadas da imprensa contra o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, do PSG, flagrado por um canal de tevê insultando a França e o juiz após a derrota de 3 a 2 para o Bordeaux. O jogo aconteceu neste domingo (15) pela 29ª rodada do Campeonato Francês.

Publicidade

No vídeo do Infosport, Ibrahimovic diz em inglês: "em 15 anos, nunca vi um juiz tão ruim neste país de merda, que não merece um time como o PSG". A gravação viralizou rapidamente nas redes sociais.

Diante das repercussões negativas, o sueco emitiu à noite um comunicado dizendo que suas frases não visavam a França nem os franceses. Ele explicou que sua reação foi "provocada pelo nervosismo", para denunciar a arbitragem.

Ministro dos Esportes critica jogador

L'Equipe, o maior jornal esportivo do país, relata que o pedido de desculpas de Ibra, como o atacante é chamado na França, não agradou o ministro dos Esportes, Patrick Kanner. Ele disse que a decepção de Ibrahimovic com a derrota do time não justificava os insultos contra o juiz e o país que o acolhe. "Eu diria que houve um erro", afirmou. "Se uma personalidade importante como Ibrahimovic afirma esse tipo de coisa, depois ninguém irá se espantar que surjam problemas nos estádios", declarou o ministro.

Pode ser o começo do fim de Ibra no PSG, diz consultor

Para o jornal Aujourd'hui en France, a atitude de Ibrahimovic é "inaceitável", mesmo acompanhada de um pedido de desculpas. "Essa polêmica inútil pode deixar marcas tanto para o jogador quanto para o clube", escreve o diário. Aujourd'hui en France ouviu o especialista em marketing esportivo Gilles Dumas sobre o caso. Para o consultor, "foi o inconsciente de Ibrahimovic que falou".

Dumas acha que o episódio pode ser "o começo do fim da carreira do jogador sueco". Ele atribui o ataque de raiva ao fato de que o PSG se qualificou para as quartas de final da Liga dos Campeões contra o Chelsea, na semana passada, sem Ibrahimovic. "Ele provou que é inútil", concluiu o especialista em comunicação.

Longa carreira de provocações

O jornal gratuito 20 Minutes destaca que Ibrahimovic já fez outras declarações explosivas, tanto em campo quanto fora dele. Segundo 20 Minutes, desde que chegou ao PSG, em 2012, Ibra "raramente poupou os árbitros".

A Comissão de Disciplina da Federação Francesa de Futebol (FFF) vai analisar o caso na próxima quinta-feira. O atacante do PSG pode ser punido com uma suspensão, no momento em que o PSG se prepara para o clássico com o Olympique de Marselha no dia 5 de abril.

O sindicato dos árbitros que atuam no futebol de elite (Safe) afirma ter ficado indignado com o escorregão verbal de Ibrahimovic, destacando que "certos limites não podem ser ultrapassados".

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.