Acesso ao principal conteúdo

No setor automotivo, "sonho sul-americano virou pesadelo", diz Les Echos

O diário econômico francês Les Echos de hoje.
O diário econômico francês Les Echos de hoje. Reprodução

O diário econômico francês Les Echos que chegou às bancas nesta sexta-feira (12) diz que, no setor automotivo, o "sonho sul-americano virou pesadelo". O jornal traz dados principalmente do Brasil e da Argentina que mostram que a produção de automóveis deve recuar ao mesmo nível de 2007 e que isso já está causando milhares de demissões no setor.

Publicidade

Os setes países da região que fabricam veículos – Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Uruguai e Venezuela – deverão produzir 1 milhão de carros a menos este ano em comparação com 2013. O jornal dá especial atenção ao Brasil, que era o principal produtor da América Latina até o ano passado, quando foi superado pelo México.

A Peugeot Citroën, um das principais montadoras francesas, deve ser também uma das mais afetadas. A empresa estava prestes a equilibrar suas conta no Brasil quando o mercado começou a desabar. Em maio, as vendas caíram pela metade.

Inflação galopante

O Les Echos diz que o ambiente econômico no Brasil está deteriorado: o país deve entrar em recessão de mais de 1% do PIB neste ano, somado a uma inflação que o jornal chama de "galopante".

A indústria automotiva brasileira já cortou 6.300 empregos desde janeiro – só na General Motors, foram 3.500 demitidos. Augusto Amorim, analista da consultoria IHS, disse ao jornal que o Brasil apresenta um mistura de fatores ruins para a indústria: impostos elevados, benefícios caros – como o décimo terceiro salário – e infra-estrutura ruim, com energia elétrica cada vez mais cara.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.