Acesso ao principal conteúdo
Brasil

Tomada de posse de Lula pode ser suspensa

Dilma Rousseff durante a tomada de posse de Lula da Silva
Dilma Rousseff durante a tomada de posse de Lula da Silva Roberto Stuckert Filho/PR

O antigo presidente Lula da Silva foi hoje empossado como chefe do governo de Dilma Rousseff mas a Justiça Federal de Brasília pediu a suspensão da sua nomeaçâo.

Publicidade

Uma nomeação polémica que ontem, logo após o seu anúncio, já inflamava o Brasil. Cerca de cinco mil manifestantes reuniram-se em frente ao Palácio do Planalto, residência presidencial em Brasília, sendo que um pouco por todo o Brasil surgiram manifestações.

O final do dia de ontem seria ainda marcado pela divulgação de escutas telefónicas nas quais Dilma sugere a nomeação a Lula em caso de necessidade, o que corroboraria a tese da entrada no governo para fugir à justiça.

Mas eis que o antigo presidente toma posse e logo um juiz da Justiça Federal de Brasília pediu a suspensão dando provimento a uma acção popular. Em causa estariam indícios de crime de responsabilidade na nomeação do antigo presidente. O governo não vê legitimidade nesta instância judicial para se pronunciar sobre a matéria e vai recorrer da decisão ainda esta quinta-feira.

Francisco Whitaker, co-fundador do movimento alter-mundialista, explica este imbróglio judicial.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.