Acesso ao principal conteúdo
Economias

Nobel da Economia 2019 premia trio pela luta contra a pobreza

Áudio 06:49
Esther Duflo, Abhijit Banerjee e Michael Kremer Prémios Nobel de Economia 2019
Esther Duflo, Abhijit Banerjee e Michael Kremer Prémios Nobel de Economia 2019 Illustration: Niklas Elmehed

O prémio Nobel da Economia 2019 foi atribuído, na segunda-feira, a 3 economistas, Esther Duflo, segunda mulher a receber o prémio, Abite Banerjii, e Michael Kremer, que têm desenvolvido métodos experimentais para alívio da pobreza ao testarem o imacto real de micro-políticas.Nos anos 90, Michael Kremer, mais tarde Abhijit Banerjee e sua esposa Esther Duflo adoptaram métodos experimentais com vista a obterem resposta a uma pergunta crucial: qual a melhor forma de reduzir drasticamente a pobreza extrema, testando o impacto real de micro-políticas, na melhoria dos resultados escolares no oeste do Quénia.Desde então mais de 5 milhões de crianças em comunidades pobres na Índia já beneficiaram de programas eficazes de aulas de reforço nas escolas e vários países desbloquearam importantes subvenções para medicina preventiva.Sérgio Calundungo, economista angolano, considera por isso que o júri pensou fora da caixa e que abriu uma janela de esperança ao colocar em destque a importância das soluções locais na formulação das políticas públicas. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.