Acesso ao principal conteúdo
GUINÉ-BISSAU

Guiné-Bissau: segunda volta vai opor DSP a Sissoco Embaló

Dados preliminares da votação na Guiné-Bissau já foram avançados.
Dados preliminares da votação na Guiné-Bissau já foram avançados. RFI

A segunda volta das eleições presidenciais na Guiné-Bissau vai opor a 29 de Dezembro o candidato do PAIGC, Domingos Simões Pereira, a um outro primeiro-ministo, Umaro Sissoco Embaló. 40, 13% e 27,65% dos votos, respectivamente, foram as percentagens obtidas pelos dois mais votados na primeira volta de domingo passado.

Publicidade

Ficaram para trás dois dos doze protagonistas deste escrutínio, incluindo o presidente cessante José Mário Vaz.

Este foi o quarto mais votado obtendo 12,41% dos votos atrás de Nuno Nabian, com 13,16% sendo que em quinto lugar ficou o antigo primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior com apenas 2,66% do sufrágios.

E isto segundo dados preliminares divulgados esta manhã pela CNE, Comissão nacional de eleições num escrutínio em que a abstenção se cifrou em 25,63%, uma das mais altas desde 2005.

Segundo o calendário eleitoral definido pela Comissão Nacional de Eleições, a segunda volta das presidenciais vai realizar-se a 29 de Dezembro.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.