Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Umaro Sissoco Embaló quer tomar posse a 27

Umaro Sissoco Embaló ganhou a segunda volta das eleições presidenciais na Guiné-Bissau
Umaro Sissoco Embaló ganhou a segunda volta das eleições presidenciais na Guiné-Bissau SEYLLOU / AFP

De regresso a Bissau, após um périplo a 15 países, Umaro Sissoco Embalo disse sem rodeios que toma posse no dia 27 de Fevereiro.

Publicidade

Se o presidente do parlamento Cipriano Cassama, não se mostrar disponível para presidir aquela cerimonia, Umaro Sissoco Embalo afirmou que vai pedir ao vice-presidente do parlamento, Nuno Nabian para o fazer e perante deputado, toma posse aqui em Bissau.

Umaro Sissoco Embalo disse que está preparado para a guerra se esta for a única solução para fazer com que a paz reine na Guiné-Bissau.

Voltou a criticar Domingos Simões Pereira em como este não quer reconhecer a sua derrota nas eleições.

Desafiou os juízes do Supremo Tribunal de Justiça a fazerem o que bem entenderem, pois ele é o legitimo Presidente da Guiné-Bissau, eleito pelo povo guineense.

Em resposta e em tom mais brando, Domingos Simões Pereira, disse que se guia única e exclusivamente pela lei, pela Constituição e está empenhado, por enquanto, na busca da verdade eleitoral.

Simões Pereira afirmou que aguarda pelo Supremo Tribunal, mas também desafia a Comissão Nacional de Eleições a abrir as urnas para que os votos sejam contados e desta forma, disse, o povo saberá que ele é o verdadeiro vencedor das eleições de 29 de Dezembro. Mais informação em Bissau com Mussá Baldé.

Correspondência de Bissau

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.