Acesso ao principal conteúdo

Covid-19: Número de casos confirmados na Guiné-Bissau sobe para 18

 Bissau, na Guiné-Bissau.
Bissau, na Guiné-Bissau. © Charlotte Idrac / RFI

O número de infectados com o novo coronavíus na Guiné-Bissau aumenta de 9 para 18 casos confirmados.

Publicidade

As autoridades sanitárias admitem que o número possa subir. Neste momento levantaram-se 37 casos por suspeita de infecção. A resposta das análises deve chegar brevemente do Laboratório Nacional da Saúde Pública em Bissau.

As autoridades estão preocupadas com a forma como os guineenses continuam a encarar a doença, com muita leviandade, desrespeitando as regras impostas para evitar o contágio.

Apesar da Guarda Nacional se encontrar nas ruas de Bissau, muitos guineenses continuam com a mesma rotina diária, a sair de casa, e juntarem-se a outras pessoas sem guardar a distancia exigida.

Uma outra preocupação dos elementos do Centro de Operações de Emergência em Saúde ( COES), instituição criada para lidar com a doença na Guiné-Bissau, prende-se com a resistência que algumas pessoas  infectadas em se mudarem para o hospital Simão Mendes.

Os doentes preferem ficar em casa, mas também não obedecem aos conselhos médicos para se isolarem do resto dos familiares ou da própria comunidade, o que também é um meio de contágio.

As autoridades guineenses tentam travar a progressão da doença, mas a população teima em manter os hábitos.

A Igreja Católica disponibilizou todo o parque sanitário, hospitais e centros de saúde para, em caso de necessidade, as autoridades usarem aquelas instalações em Bissau e no interior do país, para atender doentes com a Covid-19.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.