Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Presidente guineense falará em breve ao país

Domingos Simões Pereira, primeiro-minsitro,  e José Mário Vaz, presidente ga Guiné-Bissau
Domingos Simões Pereira, primeiro-minsitro, e José Mário Vaz, presidente ga Guiné-Bissau Liliana Henriques/RFI

O chefe de Estado, José Mário Vaz, chegou hoje ao país vindo do Senegal. Numa breve declaração aos jornalistas, o presidente disse que em breve falará aos guineenses. O país atravessa actualmente um período de tensão política que está a preocupar a população e a comunidade internacional. 

Publicidade

A chegada de José Mário Vaz já esteve marcada para sábado e para vários momentos do dia de hoje, mas o presidente acabou por chegar ao final do dia a Bissau. No aeroporto o presidente da república disse aos jornalistas que em breve fará uma declaração ao país sobre a actual situação política.

José Mario Vaz

As últimas semanas têm sido marcadas pela tensão com as trocas de acusações entre os dirigentes políticos. O primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira, acusou o chefe de Estado, José Mário Vaz, de querer demitir o executivo. Em causa estariam as dificuldades de relacionamento com o chefe do executivo e descontentamento com algumas medidas do governo.

Afirmações desmentidas num comunicado emitido pela presidência da República onde classificam como "calunioso e ofensivo" o teor da declaração do primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira, em que este acusou o Presidente, José Mário Vaz, de pretender derrubar o Governo.

Uma reunião do Conselho de Estado foi interrompida na sexta-feira quando José Mário Vaz, foi convidado a reunir-se com os chefes de Estado do Senegal, Macky Sall, e Guiné-Conacri, Alpha Condé.

Os líderes dos países vizinhos foram mandatados pela Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) para evitar um novo episódio de instabilidade política na Guiné-Bissau.

Entretanto o PAIGC, partido no poder, ameaçou liderar um processo de destituição do presidente do país, se este mantiver "as repetidas atitudes de desrespeito" pelos símbolos nacionais. A decisão foi tomada no ´bureau´ político do Partido que esteve reunido na sexta-feira e sábado para analisar a situação politica no país.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.