Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Guiné Bissau adia encontro entre Presidente e partidos com assento parlamentar

Presidente guineense, José Mário Vaz
Presidente guineense, José Mário Vaz AFP PHOTO / SIA KAMBOU

A Guiné Bissau adiou, "sine die", o encontro do Presidente José Mário Vaz com os partidos com assento parlamentar para a indicação de um novo primeiro-ministro.

Publicidade

O Presidente guineense, José Mário Vaz, desloca-se hoje para o Senegal, onde decorre este fim-de-semana uma cimeira de chefes de estado da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDAO).

Os partidos com assento parlamentar e a sociedade civil também participam na cimeira em Dacar, mas deslocam-se numa caravana separada da do presidente.

Na quarta-feira passada, o Supremo Tribunal de Justiça guineense considerou inconstitucional "na sua forma e  matéria", o decreto presidencial para a nomeação do primeiro-ministro, Baciro Djá, a 20 de Agosto passado, que entretanto este já apresentou demissão.

O representante do secretário-geral das Nações Unidas em Bissau, Miguel Trovoada, apelou uma vez mais para que os líderes políticos do país não deixem o impasse perdurar por muito mais tempo "porque poderá ter danos muito importantes para o povo da Guiné-Bissau e que se encontre muito rapidamente uma solução que faça restabelecer a estabilidade, a ordem para que o país possa prosseguir o seu processo de desenvolvimento".

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.