Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Nú Barreto na exposição "Lumières d'Afriques"

Áudio 06:07
"Sukuru" do artista plástico guineense Nú Barreto na exposição "Lumières d'Afriques"
"Sukuru" do artista plástico guineense Nú Barreto na exposição "Lumières d'Afriques" Nú Barreto

Está patente ao público até 24 de Novembro no Palais de Chaillot em Paris a exposiçao "Lumières d'Afriques", com obras originais de 54 pintores, escultores, fotógrafos e repórteres de imagem africanos, que reflectem a visão dos artistas sobre o Direito ao Acesso à Energia, nos seus respectivos países.Este certame tem lugar simbolicamente no mesmo local onde em 1948 foi assinada a Declaração Universal dos Direitos Humanos e antecede a Conferência Mundial sobre Alterações Climáticas, que vai decorrer em Paris a partir do fim de Novembro.Entre os participantes figuram cinco artistas oriundos dos PALOP: Franck Ludangi de Angola, Tchalé Figueira de Cabo Verde, Nú Barreto da Guiné-Bissau, Gonçalo Mabunda de Moçambique, René Tavares de São Tomé e Príncipe e Nú Barreto da Guiné-Bissau.O nosso Convidado é o artista plàstico guineense Nú Barreto, que começa por referir a importância deste evento e como abordou na obra "Sukuru" (na fotografia) a temática imposta LUZ, "uma parte na escuridão total e outra na claridade". 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.