Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Eleições adiadas no Supremo Tribunal de Justiça

Balança da Justiça. Imagem de Arquivo.
Balança da Justiça. Imagem de Arquivo. Flickr

Na Guiné-Bissau as eleições previstas para esta terça-feira no Supremo Tribunal de Justiça serão adiadas. Uma nova data a indicar deverá ser encontrada pelo conselho superior da magistratura judicial.

Publicidade

Já não terá lugar a eleição, esta terça-feira, para a escolha do novo presidente do Supremo Tribunal de Justiça. Fontes ligadas ao processo eleitoral, que coloca frente a frente os juízes conselheiros do Supremo Tribunal, Paulo Sanhá e Saido Baldé, avançaram à RFI a informação segundo a qual não haverá eleição pelo menos esta terça-feira.

Uma nova data a indicar será encontrada agora pelo conselho superior da magistratura judicial.

Este órgão tem em mãos duas contestações ao ato eleitoral: Um incidente de suspeição em relação à comissão eleitoral e um pedido de esclarecimento sobre o universo eleitoral, ou seja uma dúvida sobre o número e os nomes de todos os juízes com capacidade para votar.

Enquanto estas questões não forem devidamente esclarecidas a votação para a escolha do novo líder do Supremo Tribunal de Justiça não terá lugar.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Mussá Baldé.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.