Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: oficiais de justiça voltam à greve

THOMAS COEX / AFP

Os oficiais da justiça da Guiné-Bissau voltaram à greve. 15 dias de paralisação como resposta ao silêncio do Governo perante o caderno reivindicativo da classe.

Publicidade

Teve início esta quarta-feira e prolonga-se até dia 8 de Maio a paralisação dos oficiais de justiça da Guiné-Bissau. O sector volta à greve como resposta ao silêncio do governo perante o caderno reivindicativo dos oficiais de justiça.

A paralisação que hoje teve início pode vir a ser sucessivamente prorrogada se não houver uma resposta do executivo.

Os oficiais de justiça exigem a integração na função pública dos trabalhadores do sector que trabalham há mais de 17 anos sem que os seus nomes constem nos registos do Estado, a criação de legislação para as secretarias dos tribunais; a melhoria das condições de trabalho, entre outros.

 

 

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.