Acesso ao principal conteúdo
Guiné Bissau

Guiné Bissau ganhou a Namíbia na qualificação para CAN

"Djurtus" o Nacional de futebol da Guiné Bissau, ganham a Namíbia, por 1/0, na corrida para CAN 2019
"Djurtus" o Nacional de futebol da Guiné Bissau, ganham a Namíbia, por 1/0, na corrida para CAN 2019 DR

A selecção nacional de futebol da Guiné Bissau, ganhou este sábado a sua congénere da Namíbia, por 1/0, a contar para o CAN 2019 nos Camarões, enquanto, Cabo Verde, joga este domingo, frente ao Uganda, jogo que devia ocorrer ontem, mas não se realizou por falta de comparência da equipa ugandesa.

Publicidade

Depois de dificuldades de ordem financeira envolvendo jogadores, a Federação Nacional de Futebol e o governo da Guiné-Bissau, a selecção nacional, os guerreiros “Djurtus” acabaram por jogar e ganhar por 1/0 a  Namíbia a contar para os jogos de qualificação para o CAN 2019, nos Camarões. 

De um jogo que esteve para não ser realizado, passou-se à vitória e à alegria de todoauma equipa nacional, dirigentes e de todo o povo guineense, que se deslocaram em massa ao Estádio 24 de setembro, pois, a Guiné recebia em casa, a Namíbia.

Uma vitória e uma alegria generalizada, que começou logo aos 22 minutos, quando o Edy, marcou o primeiro golo e único da partida frente aos rapazes da Namíbia.

Os guerreiros "Djurtus", começavam assim da melhor forma o arranque para uma qualificação ao CAN 2019, ganhando a pujante Namíbia.

Oiçamos as reacções de alegria e satisfação do selecionador da equipa nacional da Guiné Bissau, Baciro Candé.

De notar que é ainda só o começo e o próximo embate dos "Djurtus", será frente aos "Mambas", de Moçambique, que jogavam também ontem e saíram vencedores, ganhando, igualmente, por 1/0,  à Zâmbia, que jogava em casa.

Entre as várias reacções de alegria dos moçambicanos, temos o próprio Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, que felicitou os "Mambas" por esta vitória "histórica" que deu muita satisfação ao povo moçambicano. 

Enfim, os "Tubarões Azuis", de Cabo Verde, recebem, este domingo, no Estádio da Várzea, na capital do país, a equipa nacional de futebol do Uganda, no quadro, também, de qualificações para o CAN 2019.

Um jogo que devia ocorrer ontem, mas parte da equipa do Uganda, chegou atrasada, em Cabo Verde, pelo que o embate não teve lugar, o que originou, no entanto, um protesto da Federação Caboverdiana de Futebol, junto da CAF.

Certos analistas consideram consideram que Cabo Verde, devia ser dado como vencedor, por falta de comparência do Uganda, mesmo que, por questões desportivo-diplomáticas, tivesse lugar a posterori.

Mesmo assim, os "Tubarões Azuis", jogam em casa, convencidos de que a vitória está ao alcance frente ao Uganda.

A ver vamos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.