Acesso ao principal conteúdo
ÁFRICA/PORTUGAL

Memória das guerras de libertação com etapa em Bissau

Colóquio em Bissau do INEP e do CES-UC a 22 e 23 de Setembro de 2017.
Colóquio em Bissau do INEP e do CES-UC a 22 e 23 de Setembro de 2017. Centro de estudos sociais UC

"Os fios que tecem a memória" é um trabalho exaustivo de investigação versando sobre as guerras de libertação nacional nas antigas colónias portuguesas em África ou guerras coloniais, na sua versão lusa.Na capital guineense este fim de semana teve palco uma conferência alusiva sob os auspícios do INEP, Instituto nacional de estudos e pesquisa.  

Publicidade

Este trabalho de investigação é coordenado pelo Centro de estudos sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC) no âmbito de uma bolsa do Conselho europeu para a investigação.

Um projecto já apresentado em Portugal, Cabo Verde e Guiné-Bissau e que ainda deve percorrer Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Para além dos países africanos lusófonos palco de uma guerra de libertação (Angola, Guiné-Bissau e Moçambique) os dois arquipélagos (Cabo Verde e São Tomé e Príncipe) também incluem o programa por ter havido em ambos movimentos de libertação da tutela de Lisboa.

Na conferência guineense mantida entre sexta e sábado (22 e 22 de Setembro) participam investigadores tanto do INEP, Instuto nacional de estudos e pesquisa (Guiné-Bissau) como do CES-UC, incluindo o cineasta Flora Gomes ou os investigadores Fodé Abulai Mané, Leopoldo Amado, Miguel de Barros, todos do INEP, e uma série de investigadores do CES-UC incluindo o mentor do projecto Miguel Cardina .

Este último começa, precisamente, por fazer referência às sinergias mantidas agora na Guiné-Bissau acerca deste programa.

Miguel Cardina, investigador do CES-Universidade de Coimbra

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.