Acesso ao principal conteúdo
Guiné Bissau

Jovens inconformados de novo nas ruas de Bissau

Imagem de arquivo de jovens em Bissau denunciando falta de segurança, quando os Inconformados voltam às ruas de Bissau, este sábado, 20 de janeiroestão
Imagem de arquivo de jovens em Bissau denunciando falta de segurança, quando os Inconformados voltam às ruas de Bissau, este sábado, 20 de janeiroestão DR

Os jovens do movimento de cidadãos Inconformados de novo nas ruas de Bissau este sábado para denunciarem a crise política na Guiné-Bissau e exigirem o fim desta situação de indefinição política que já dura há cerca de três anos. O principal foco de descontentamento dos Inconformados é a pessoa do Presidente, José Mário Vaz.

Publicidade

Os jovens do movimento de cidadãos Inconformados com a crise política na Guiné-Bissau vão realizar hoje um comício em Bissau para mais uma vez exigir o fim do impasse política que ja dura há cerca de três anos.

O principal visado na manifestação, que deverá decorrer no largo da metereologia em Bissau, será o Presidente José Mário Vaz a quem os Inconformados endossam toda responsabilidade pela persistência da crise.

Sumaila Djaló, porta-voz dos Inconformados, antecipou para a RFI o que será dito no comício:

"Já agora que o presidente da República destituiu o seu governo inconstitucional, que ponha outro governo dentro do quadro constitucional, não através do Acordo de Conacri, que também, não defendemos, por ser contra a Constituição (...)."

Palavras de Sumaila Djaló, porta-voz do movimento de cidadãos Inconformados com a crise política na Guiné-Bissau, um movimento constituído essencialmente por jovens dos liceus e Universidades de Bissau, ao nosso correspondente, em Bissau, Mussá Baldé.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.