Acesso ao principal conteúdo
Economias

Guiné-Bissau quer simplificar criação de empresas 

Áudio 09:38
Bissau. 12 de Fevereiro de 2018.
Bissau. 12 de Fevereiro de 2018. XAUME OLLEROS / AFP

Na Guiné-Bissau, deixou de ser obrigatório um capital social mínimo de um milhão de francos CFA para se criar uma empresa SARL. Este é mais um passo para atrair investimento, criar emprego e diversificar a economia e foi impulsionado pelo Projecto de Reabilitação do Sector Privado e Desenvolvimento Agroindustrial, financiado pelo Banco Mundial.

Publicidade

Neste programa, Sabino Gomes Júnior, responsável da componente Empreendedorismo e Melhoria do Clima de Negócios do projecto, explica o objectivo da medida e o que foi feito para facilitar a criação de empresas, num país onde a incerteza política tem travado a economia.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.