Acesso ao principal conteúdo
Guiné Bissau

Guiné Bissau : Aumentos na função pública em Setembro

Sede da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné - UNTG
Sede da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné - UNTG UNTG

O Ministro do Trabalho e da Função Pública da Guiné Bissau, Fernando Gomes, anunciou nesta Quarta-feira, que o governo vai aplicar uma nova tabela salarial aos funcionários públicos a partir de Setembro. Júlio Mendonça, Secretário - geral da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné - Bissau ( UNTG), considera que se trata duma vitória dos trabalhadores, que há muito lutavam por isso.

Publicidade

Foi depois da assinatura de um acordo com os dirigentes da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné-Bissau (UNTG), nesta Quarta-feira, que o Ministro do Trabalho e da Função Pública anunciou a nova tabela salarial, mas adiantou faltarem ainda alguns pormenores,  que serão corrigidos em breve pelo Ministério da Economia e Finanças.

Os trabalhadores que recebiam 29 mil francos CFA de salário mínimo mensal  vão passara a receber 50 mil francos CFA, o que representa um aumento considerável, apenas tornado possível através de "cortes efectuados nos subsídios dos representantes dos órgãos da soberania.".

Entrevistado pela RFI, Júlio Mendonça, Secretário - geral da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné - Bissau ( UNTG), começou por afirmar que se trata duma vitória dos trabalhadores, ao cabo de mais de vinte anos de estagnação salarial, e considera que - desta vez - o governo respeitará os seus compromissos.  Oiça aqui :

 

A Guiné-Bissau conta com mais de 30 mil funcionários públicos, segundo o recenseamento de 2014, e a última revisão salarial tinha tido ocorrido em 1994.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.