Acesso ao principal conteúdo
Ciência

Na Guiné-Bissau desovam cinco das sete espécies de tartarugas marinhas

Áudio 05:42
Tartarugas no Parque Nacional Marinho de João Vieira e Poilão
Tartarugas no Parque Nacional Marinho de João Vieira e Poilão ibapgbissau.org

Na Guiné-Bissau, anualmente desovam cinco das sete espécies de tartarugas marinhas existentes no mundo. Entre os meses de Agosto e Novembro, por noite, na ilha do Poilão, no arquipélago dos Bijagós, no sul do país, desovam cerca de 700 tartarugas, com cada animal a pôr 150 ovos, num território com pouco mais de dois quilómetros quadrados, considerado o “terceiro sitio mais importante no mundo e o primeiro em África para a desova das tartarugas verdes, uma das subespécies mais emblemáticas destes animais.Aissa Regalla é coordenadora do departamento da biodiversidade do Instituto da Biodiversidade e Áreas Protegidas e a convidada do Ciências desta semana. Confira aqui.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.