Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Guiné-Bissau: "Não há eleições que resolvam o problema"

Áudio 07:40
Assembleia de voto em Bissau. 13/04/18
Assembleia de voto em Bissau. 13/04/18 SEYLLOU / AFP

As eleições legislativas na Guiné-Bissau estão marcadas para 18 de Novembro. A dois meses da data prevista o recenseamento eleitoral, que devia ter arrancado a 23 de Agosto, ainda não começou. E ultrapassado está o prazo legal para a apresentação de candidaturas junto do Supremo Tribunal de Justiça.As dúvidas sobre a manutenção do calendário eleitoral não param de aumentar, assim como a chuva de críticas ao primeiro-ministro Aristides Gomes.A dois meses das legislativas, em Bissau encontra-se uma missão da CEDEAO que tem por objectivo avaliar a situação no país.Confira aqui a análise de Leonardo Cardoso, sociólogo guineense, ligado ao INEP.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.