Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: 74% dos eleitores recenseados

Assembleia de voto em Bissau. 13/04/18
Assembleia de voto em Bissau. 13/04/18 SEYLLOU / AFP

Mais de 654 mil guineenses já se recensearam para participarem nas eleições legislativas. O sufrágio estava inicialmente previsto para 18 de Novembro.

Publicidade

Na Guiné-Bissau, numa conferência de imprensa de balanço do processo de recenseamento eleitoral, o primeiro-ministro, Aristides Gomes, anunciou estarem já inscritos o correspondente a 74% de potenciais eleitores.

Aristides Gomes acredita que a extensão do prazo de recenseamento em 15 dias vai permitir bater o recorde de pessoas inscritas para votar em eleições legislativas. O chefe de Governo sublinha que no final do recenseamento será possível marcar a nova data das eleições.

Apesar das críticas, o primeiro-ministro ressalva que o país deu saltos qualitativos no processo de recenseamento da população.

Apesar das críticas, o primeiro-ministro acredita que o país deu saltos qualitativos no processo de recenseamento da população.

O Governo da Guiné-Bissau prolongou até 5 de Dezembro o recenseamento eleitoral, que deveria ter terminado ontem. As legislativas estavam marcadas para 18 de Novembro, mas dificuldades técnicas e financeiras levaram a atrasos no início do recenseamento.

O Presidente do país, José Mário Vaz, anunciou que só marcará a nova data das legislativas depois do fim do recenseamento.

Mussá Baldé, correspondente em Bissau

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.