Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: PRS apresentou programa eleitoral

Partido da Renovação Social. Imagem de Arquivo.
Partido da Renovação Social. Imagem de Arquivo. Laurent Correau / RFI

Na Guiné-Bissau, a segunda maior força no parlamento guineense, o PRS, apresentou o seu programa eleitoral para "levantar a Guiné-Bissau".

Publicidade

O Partido da Renovação Social apresentou na sexta-feira 14 de Dezembro o seu programa eleitoral com o lema "Lantanda Guiné", expressão proveniente do crioulo e que significa "levantar a Guiné-Bissau".

A apresentação foi realizada em Bissau, perante os dirigentes, os militantes do PRS e os convidados nacionais e estrangeiros.

O programa eleitoral tem como estratégia a promoção da educação, a saúde, a formação profissional, a criação de riqueza, o emprego, a redução da pobreza e a preservação da biodiversidade. Um programa que tem como objectivo ser operacional de 2020 a 2030.

Outros pontos como o combate ao tráfico de drogas e ao terrorismo internacional, a governação política e económica e a promoção da paz e estabilidade no país também integram o programa do PRS.

Orlando Viegas, um dos vice-presidentes do partido, e Faustino Imbali, antigo primeiro-ministro e coordenador da equipa que concebeu o programa, afirmaram que este documento quer promover uma mudança na Guiné-Bissau nos próximos dez anos, isto sem esquecer de colocar também nas preocupações a juventude e as mulheres.

Ouça as declarações de Faustino Imbali, antigo primeiro-ministro.

Este programa eleitoral do PRS visa vencer as eleições legislativas, cuja data ainda não foi marcada pelo Presidente guineense, José Mário Vaz.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.