Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Jorge C.Fonseca cancela visita a Bissau em vésperas de legislativas

Momento não é adequado para ir à Guiné Bissau, diz presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca
Momento não é adequado para ir à Guiné Bissau, diz presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca TIAGO PETINGA / LUSA

O Presidente de Cabo já não vai à Guiné Bissau, como previsto para os dias de 12 a 14 de fevereiro, visita que foi anunciada pelo seu homólogo guineense, José Mário Vaz. O Presidente caboverdiano, que devia deslocar-se a Bissau, na sua qualidade de presidente em exercício da CPLP, acabou por chegar à conclusão que "o momento não é adequado", tendo em conta as legislativas de março na Guiné Bissau.

Publicidade

Enquanto presidente da CPLP, Comunidade dos países de língua portuguesa, o chefe de Estado de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, justifica a sua decisão de não ir à Guiné Bissau, antes das eleições legislativas de 10 de março, por "não ser o momento adequado;"

O Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, tinha ponderado a possibilidade de fazer uma visita à Guiné Bissau, na qualidade de presidente em exercício da CPLP.

"Eu cheguei à conclusão que não seria adequado ir neste momento e portanto deixaria esta visita para um momento posterior.

"E posso dizer-vos que esta avaliação e decisão foram feitas antes, mas, eu, digamos, que recomfirmei, a justeza da minha decisão, por exemplo, depois de ter recebido, ultimamente, o Presidente do PAIGC." 

A visita oficial de Jorge Carlos Fonseca, tinha sido anunciada pelo presidente da Guiné Bissau, José Mário Vaz e deveria ter decorrido entre os dias 12 e 14 de fevereiro.

De Cabo Verde, o nosso correspondente, Odair Santos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.