Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Posse do novo ministro do Interior da Guiné-Bissau

O Presidente José Mário Vaz nomeou o novo ministro do Interior ontem por decreto.
O Presidente José Mário Vaz nomeou o novo ministro do Interior ontem por decreto. © Sia Kambou, AFP

Nomeado ontem por um decreto presidencial, Edmundo Mendes é desde hoje o novo ministro do Interior da Guiné-Bissau. Está assim atendida uma das principais exigências dos partidos políticos, da CNE e da própria comunidade internacional que recomendavam que fosse nomeado um novo titular para esta pasta vaga desde Novembro, especialmente em período pré-eleitoral.

Publicidade

Jurista formado pela Faculdade de Direito de Bissau, onde alias, é docente, Edmundo Mendes, Mestre em Direito Comercial, tomou posse esta Terça-feira no Palácio da Presidência. Na sua primeira intervenção enquanto Ministro do Interior, Edmundo Mendes prometeu garantir segurança no país e sobretudo fazer com que a campanha eleitoral das legislativas de 10 de Março que acaba de arrancar no Sábado, decorra com total tranquilidade, sem incidentes.

"Será prioridade garantir a segurança para que o processo eleitoral se possa desenvolver num clima de paz e tranquilidade", declarou o novo titular do pelouro do Interior que ao prometer "dar protecção a todos os candidatos em pé de igualdade" considerou que a sua função "é ser imparcial, actuar com base na objectividade, ser claro nas acções."O novo ministro concluiu ainda que "não vai inventar, nem sair fora do âmbito das suas atribuições".

Antigo Procurador-Geral da República e antigo director-geral adjunto da Polícia Judiciaria, Edmundo Mendes é o 31° ministro do Interior desde que a Guiné-Bissau se tornou independente em 1973. Edmundo Mendes vai assim ocupar o lugar que estava vago desde que José Mário Vaz demitiu Mutaro Djalo do cargo de ministro do Interior, em Novembro.

Mais pormenores com Mussa Baldé.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.