Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Guiné-Bissau: o veredicto das urnas

Áudio 15:02
Eleitora no dia das legislativas guineenses do 10 de Março 2019.
Eleitora no dia das legislativas guineenses do 10 de Março 2019. RFI/Liliana Henriques

Na Guiné-Bissau, a Comissão Nacional de Eleições divulgou ontem os resultados provisórios oficiais das legislativas de Domingo. De acordo com estes resultados, a taxa de participação rondou os 85%, o PAIGC venceu com uma maioria relativa de um pouco mais de 46% dos votos, acabando por fazer aliança com o APU-PDGB que elegeu 5 deputados. Em segundo lugar, ficou o MADEM que, em apenas 8 meses de existência, elegeu 27 deputados, enquanto o PRS viu diminuir substancialmente o número de mandatos, tendo passado de 41 para 21 deputados eleitos. Foram estes dados que analisamos com Rui Jorge Semedo, coordenador do GOSCE, Grupo das Organizações da Sociedade Civil para as Eleições na Guiné-Bissau que monitorizou o processo eleitoral.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.