Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: CEDEAO tenta resolver impasse

Imagem Guiné-Bissau
Imagem Guiné-Bissau Xaume Olleros / AFP

Uma missão da CEDEAO deslocou-se a Bissau para ajudar a desbloquear o impasse vigente no parlamento guineense há cerca de duas semanas.

Publicidade

A missão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) é chefiada pelo ministro nigeriano dos Negócios Estrangeios, Geoffrey Onyeama, e visa inteirar-se sobre a situação política na Guiné-Bissau.

A missao pediu consensos para o país poder avançar.

Em causa está a não-eleição da mesa da Assembleia Nacional Popular, no começo deste mês, que condiciona a formação do governo.

É que foi reprovada a candidatura de Braima Camará, coordenador do Madem G15, segundo partido mais votado, para 2° vice presidente do parlamento

De recordar que a CEDEAO tem mediado a crise política guineense desde 2015, que nem com as eleições de 10 de Março foi ultrapassada.

Oiça aqui o trabalho de Mussá Baldé na Guiné-Bissau:

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.