Acesso ao principal conteúdo
Guiné Bissau

Terceira ronda de greves na Função Pública da Guiné Bissau

Terceira ronda de greves na Função Pública da Guiné Bissau
Terceira ronda de greves na Função Pública da Guiné Bissau DR/UNTG

Desde hoje e até quinta-feira, os funcionários públicos da Guiné-Bissau encaminharam uma terceira ronda de greve, para exigir ao governo o cumprimento do caderno reivindicativo e o aumento do salário mínimo para cerca de 150 euros. Os sindicatos exigem igualmente a implementação de diplomas para permitir a avaliação na administração pública. 

Publicidade

É a terceira ronda de uma série de greves que os sindicatos dos trabalhadores da Função Pública prometem desencadear para pressionar o governo a cumprir com uma série de exigências.

Desde logo, os sindicatos UNTG e CGSI pretendem, entre outras reivindicações, um aumento que eleve o salário mínimo para cerca de 150 euros mensais. Atualmente o salário mínimo nacional anda na casa dos 75 euros.

Exigem a implementação de diplomas legais que vão permitir a avaliação do desempenho da Administração pública e do novo Código de Trabalho.

Mas, para as duas centrais sindicais, urgente mesmo é a paragem de entrada de pessoas na função pública só por serem militantes de partidos políticos.

Alves Té, é o presidente da comissão negocial que fala em nome dos sindicatos.

(...) Achamos por bem exigir do governo a implementação do que consta do estatuto do pessoal de administração pública…".

Esta ronda de greve geral na Função Pública está a ter mais impacto junto da população com a adesão dos funcionários da empresa de eletricidade e águas. Desde as primeiras horas deste terça-feira que Bissau está sem energia e água da rede pública.

A greve geral na Função Pública deve terminar na quinta-feira.

De Bissau, o nosso correspondente, Mussa Baldé. 

Mussá Baldé, correspondente, em Bissau

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.