Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Novo protesto em Bissau

Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz
Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz Sia Kambou, AFP

Na Guiné-Bissau, milhares de apoiantes do partidos da maioria parlamentar saíram de novo à rua, esta sexta-feira, para pedir ao Presidente, José Mário Vaz, que nomeie o primeiro-ministro e para lhe lembrar que o seu mandato termina a 23 de Junho. Entre os slogans gritados, ouviu-se "Jomav rua".

Publicidade

Milhares de apoiantes dos partidos da maioria parlamentar saíram de novo às ruas de Bissau, esta sexta-feira, para pedir ao chefe de Estado, José Mário Vaz, a nomeação do primeiro-ministro e do Governo. Os manifestantes também quiseram lembrar ao Presidente que o seu mandato termina a 23 de Junho e gritaram palavras de ordem como "Jomav rua", "abaixo o Jomav".

"Nós estamos a fazer um protesto pacífico que vai culminar com uma vigília para exigir ao Presidente da República a nomeação do novo primeiro-ministro, mas também para lembrar ao Presidente da República que o mandato dele termina no dia 23 e que no dia 24 não será mais Presidente da República da Guiné-Bissau", afirmou Dionísio Pereira, presidente da juventude do PAIGC, num som registado pela agência Lusa.

Quem também marcou presença na marcha de protesto foi o vice-Presidente do APU PDGB, Armando Mango, que sublinhou que é um dever mostrar ao Presidente que ele tem de nomear um governo.

"Nós como democratas só temos um caminho: é demonstrar ao Presidente da República que o Governo deve ser nomeado e empossado. Na democracia uma das alíneas de demonstrar o descontentamento é a marcha pacífica, é a marcha demonstrativa de que algo não vai bem e é por isso que estou aqui como dirigente do meu partido que está nessa coligação e quer que o povo saia da dificuldade que está emergindo", afirmou Armando Mango, em declarações registadas pela agência Lusa.

Entretanto, o Movimento dos Cidadãos Conscientes e Inconformados (MCCI) convocou nova manifestação para 24 de Junho – um dia depois do fim do mandato de José Mário Vaz - para pedir à Assembleia Nacional Popular a investidura de um Presidente da República interino e a nomeação de um novo primeiro-ministro.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.