Acesso ao principal conteúdo
Convidado

CAN 2019: Estreia com sabor amargo para os Djurtus

Zezinho, na esquerda, capitão dos Djurtus.
Zezinho, na esquerda, capitão dos Djurtus. RFI/Pierre René-Worms

As expectativas eram grandes em torno do jogo de estreia da Guiné-Bissau. Baciro Candé e os seus pupilos queriam alcançar um triunfo frente aos Camarões, actuais detentores do título e que venceram os guineenses no Gabão em 2017.O Estádio de Ismaília recebeu este primeiro encontro do grupo F entre os Djurtus e os Leões Indomáveis.Na primeira parte, e com o tempo pesado que se fazia sentir com cerca de 30 graus às 19 horas, hora local, os Djurtus deram uma boa resposta e até estiveram perto de abrir o marcador com um remate de fora da área de Pelé.A Guiné-Bissau dominou mas as oportunidades de golo, tanto de um lado como do outro, eram escassas.A segunda parte começou como a primeira, mas acabou por correr mal aos Djurtus. Aos 66 minutos o defesa Yaya Banana marcou o primeiro tento do jogo, antes do avançado Stéphane Bahoken, aos 69 minutos, após uma confusão na área da Guiné-Bissau, conseguir rematar e ditar o resultado final que se fixou em 2-0.Os Djurtus comandados pelo técnico Baciro Candé sairam deste encontro com uma derrota por 2-0.Para o seleccionador guineense o jogo não correu bem, mas a equipa deu tudo e vai tentar agora vencer o Benim.Pelé, médio guineense que actua no Mónaco, admitiu que é uma derrota frustrante, no entanto agora é pensar apenas nos dois próximos jogos.Jorginho, avançado da Guiné-Bissau, frisou que agora é esquecer este jogo e realçou que é necessário tirar ilações da derrota com vista ao próximo jogo.Para Sori Mané, médio da Selecção guineense, a decepção era grande, ele que esteve implicado no segundo golo dos Camarões.No próximo encontro, no sábado 29 de Junho, os Djurtus vão ter de levantar a cabeça para chegar a um triunfo, e sonhar ainda com um apuramento para os oitavos-de-final.Quanto aos Camarões, a 29 de Junho, defrontam o Gana. Os dois encontros vão realizar-se novamente no Estádio de Ismaília.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.