Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Bissau e Rabat analisam relações bilaterais

Suzi Barbosa, ministra dos Negócios Estrangeiros da Guiné Bissau com o seu homólogo marroquino Nasser Bourita
Suzi Barbosa, ministra dos Negócios Estrangeiros da Guiné Bissau com o seu homólogo marroquino Nasser Bourita facebook.com/MarocDiplomatie

Rabat está disponível para aumentar bolsas de estudo e enviar uma nova missão médica à Guiné-Bissau, ainda durante 2019. O anúncio foi feito pela chefe da diplomacia guineense, Suzi Barbosa, depois de uma deslocação a Marrocos.

Publicidade

O executivo guineense anunciou que Marrocos está disponível para aumentar em 50% as bolsas de estudo anuais destinadas a guineenses, “passando dos actuais 80 para 120, sendo 30 destinados ao ensino superior e 10 para a formação profissional”.

A ministra dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau, Suzi Barbosa, deslocou-se a semana passada, de 22 e 23 de Agosto, a Marrocos para análise das relações bilaterais com Rabat. Na sequência da deslocação, o ministro dos Negócios Estrangeiros marroquino, Nasser Burita poderá, ainda este ano, realizar uma visita oficial à Guiné-Bissau.

No sector da saúde, Suzi Barbosa solicitou ao seu homólogo uma nova missão médica à Guine-Bissau ainda em 2019. Segundo o comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros guineense, o pedido foi “prontamente aceite”.

Com a colaboração de Mussá Baldé, correspondente em Bissau.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.