Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

MDM exige esclarecimentos sobre dívidas ocultas em Moçambique

MDM, partido da oposição quer esclarecimentos sobre dívidas ocultas em Moçambique
MDM, partido da oposição quer esclarecimentos sobre dívidas ocultas em Moçambique Ematum/Moçambique

O escândalo das dívidas ocultas de 10 milhões de dólares entre de 2014, continua a dar que falar em Moçambique. A oposição do MDM, Movimento Democrático de Moçambiquen terceira força política, veio exigir que seja tornado público a empresa ou empresas envolvidas no escândalo financeiro depois de revelações feitas à justiça americana.

Publicidade

A posição do MDM surge depois de um agente do FBI ter revelado num tribunal norte-americano que a FRELIMO recebeu de uma subsidiária da empresa Privinvest, envolvida no escândalo das dívidas ocultas 10 milhões de dólares entre Março e Julho de 2014. 

Augusto Pelembe quadro senior do MDM, terceira maior forca política do país e na oposição exige que o caso seja publicamente esclarecido e também seja anulado  o pagamento da dívida contraída pela  EMATUM.

Por outro lado, o presidente do tribunal administrativo Machatine Munguambe revelou que o órgão que dirige está agora em condições de seguir o caso.

O caso das dividas ocultas de pouco mais de 2 mil milhões de dólares contraídas pelas empresas MAM, Proindicus, e Ematum com aval do estado promete para os próximos dias novos capítulos.

De Maputo, o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.