Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Polícia detido por envolvimento na morte de Anastácio Matavel

Anastácio Matavel, observador eleitoral
Anastácio Matavel, observador eleitoral Facebook

O Comandante do grupo de Operações Especiais da polícia moçambicana em Gaza, Tudelo Guirrugo , foi detido ontem no âmbito da investigação do assassínio de António Matavel, observador eleitoral, durante a campanha eleitoral em Moçambique.

Publicidade

A notícia da detenção foi avançada pelo porta-voz do comando geral da polícia, Orlando Modumane, que informou que a detenção de Tudelo Guirrugo ocorreu na cidade de Xai-Xai, após uma audição no quadro da investigação ao assassínio de Anastácio Matavel.

Tudelo Guirrugo encontrava-se suspenso do comando do grupo de Operações Especiais, desde o passado dia 8 de Outubro, por ordens do comandante-geral da PRM, Bernardino Rafael, na sequência do assassinato por agentes da corporação.

Anastácio Matavel era Director Executivo da FONGA - Forum de ONGs Nacionais de Gaza - e também coordenador, na província de Gaza, do Escritório de Crises da plataforma de observação eleitoral “Sala da Paz”.

Recorde-se que dois dos agentes da polícia que estiveram envolvidos no crime morreram, quando a viatura em que seguiam capotou, outros dois foram detidos no local, depois de ficarem feridos no acidente e um civil igualmente implicado na morte encontra-se a monte.

O assassínio do activista e observador eleitoral Anastácio Matável, durante a campanha eleitoral, foi condenado no país e no estrangeiro. O processo que conduziu às eleições gerais de 15 de Outubro ficou marcado por dezenas de mortes e por denúncias de fraude eleitoral.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.