Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Quatro feridos em ataque contra autocarro em Moçambique

Estrada Nacional número (ilustração)
Estrada Nacional número (ilustração) RFI

Foi registado um novo ataque armado contra um autocarro de passageiros no distrito de Gondola, na província de Manica, no centro de Moçambique. Há quatro feridos entre graves e ligeiros.

Publicidade

Um autocarro foi alvejado por desconhecidos e quatro passageiros ficaram feridos durante um ataque na estrada nacional 1 (EN1) no centro de Moçambique, junto a Muda Serração, a menos de 100 quilómetros da cidade de Chimoio.

O ataque surge na sequência de outros que já tiraram a vida a 10 pessoas desde o passado mês de Agosto em estradas e povoações das províncias de Manica e Sofala.

A polícia moçambicana atribui a autoria do ataque ao grupo armado da Renamo que, por sua vez, já se veio distanciar das acções armadas a que tem sido atribuída pelas autoridades.

O porta-voz da principal força política da oposição em Moçambique, José Manteigas, reitera o distanciamento da auto-proclamada Junta Militar, um grupo dissidente do partido liderado pelo General Mariano Nhongo.

O grupo tem ameaçado recorrer à violência armada para negociar melhores condições de reintegração social do que aquelas acordadas pelo seu partido com o governo e recusam-se a assumir a autoria dos ataques.

Esta é uma zona que tem sido palco de outras incursões naquele troço que liga o Norte ao Inchope, importante entroncamento com a EN6, entre Beira e Zimbábue.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.