Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

"Educação é imprescindível para o desenvolvimento económico de Moçambique"

Ministra da Educação e Desenvolvimento Humano moçambicana, Conceita Sortane, na Unesco
Ministra da Educação e Desenvolvimento Humano moçambicana, Conceita Sortane, na Unesco RFI

Moçambique regista um aumento de desigualdades sociais em resultado do investimento desigual na educação, sobretudo no ensino público e o privado.

Publicidade

Foram lançados apelos aos governos para que invistam mais na educação pública para que as pessoas possam fugir à pobreza.

"A educação é uma das categorias do desenvolvimento humano imprescindível para o desenvolvimento económico do país", aponta a ministra da Educação e Desenvolvimento Humano moçambicana, Conceita Sortane.

A ministra de educação alerta os colegas para o facto de "sem educação, nem escolas, professores e alunos, o país não existe", reforça.

Moçambique enfrenta desafios no sector da educação quanto às infra-estruturas. A ministra da educação lembra que o Estado moçambicano tenta garantir resposta a "quem procura serviços de educação em termos de acessos".

"A questão do acesso está relacionada com a questão da retenção da pessoa na escola para garantir que os serviços de educação se mantenham, que tem que ver com a melhoria das condições que devemos criar no sector da Educação", concluiu.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.