Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Justiça convoca Bissopo

Manuel Bissopo, deputado e ex-secretário-geral da Renamo
Manuel Bissopo, deputado e ex-secretário-geral da Renamo

A Procuradoria-Geral da República notificou Manuel Bissopo, deputado e ex-secretário-geral da Renamo, principal partido da oposição do país. A comunicação social local associa a notificação aos ataques na região centro do país, protagonizados pela Junta Militar da Renamo.

Publicidade

Manuel Bissopo diz que desconhece as razões que o levaram a ser notificado pela Procuradoria-Geral da República e por isso admite não comparecer à audiência marcada para amanhã, quarta-feira, às 14 horas locais.

Na convocatória a Procuradoria-Geral da República não explica as razões da notificação do antigo secretário-geral da Renamo, mas a comunicação social local avança que a mesma pode estar relacionada com os ataques armados que se registam na região centro do país.

As incursões acontecem num reduto da Renamo, principal partido de oposição, onde os guerrilheiros se confrontaram com as forças de defesa e segurança moçambicanas e atingiram alvos civis até ao cessar-fogo de dezembro de 2016.

Oficialmente, o partido afasta-se dos actuais incidentes e diz estar a cumprir as ações de desarmamento que constam do Acordo de Paz de assinado no passado dia 6 de agosto de 20149, todavia a auto-proclamada Junta Militar da Renamo, liderado por Mariano Nhongo permanece entrincheirado na região, reivindicando melhores condições de desmobilização e ameaçando recorrer as armas caso não seja ouvido.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.