Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Coronavírus: Moçambique acompanha estudantes em Wuhan

Investigador do novo tipo de coronavírus no Institut Pasteur, em Paris. 28 de Janeiro de 2020.
Investigador do novo tipo de coronavírus no Institut Pasteur, em Paris. 28 de Janeiro de 2020. Thomas SAMSON / AFP

O governo moçambicano descarta, para já, a necessidade de repatriamento dos cidadãos moçambicanos que residem na China. O executivo tem mantido contacto regular com os 30 estudantes moçambicanos que estão na cidade chinesa de Wuhan, o epicentro do novo coronavírus.

Publicidade

O porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Geraldo Saranga, disse que até ao momento não há nenhum cidadão moçambicano que tenha contraído a infecção e que o contacto com o grupo de 30 estudantes que reside em Wuhan, cidade de 11 milhões de habitantes, tem sido regular, nomeadamente através de plataformas digitais como o Whatsapp e o Wechat. O contacto está a ser monitorado e gerido pela Embaixada de Moçambique, em Pequim.

Através desta plataforma, a Embaixada, o Estado moçambicano através desta unidade nós temos feito a divulgação de todas as medidas preventivas e de controlo que estão a ser observadas no combate ou mesmo na prevenção desta que é a grande preocupação de saúde que é já um assunto de todo mundo. E nós temos mantido contacto regular sobretudo com os 30 estudantes moçambicanos que estão na região afectada. Estão obviamente sitiados, estes estudantes estão em condições de confinamento, não podem ter a liberdade de circulação, não podem sair dos locais onde estão a viver. Mas nestes locais estão criadas todas as condições para garantir a sobrevivência destes nossos concidadãos”, afirmou Geraldo Saranga.

Geraldo Saranga

Este sábado, o número de mortes na China, provocadas pelo novo tipo de coronavírus, era de 259 e o número de pessoas infectadas era de quase 12 mil.

Há casos de infecção confirmados em mais de 20 países, mas não há casos, para já, em África nem na América do Sul. Os países onde foram confirmados casos foram: Coreia do Sul, Japão, Taiwan, Cambodja, Malásia, Filipinas, Singapura, Tailândia, Vietname, Índia, Nepal, Sri Lanka, Austrália, Canadá, Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Finlândia, França, Itália, Suécia, Reino Unido, Rússia, Emirados Árabes Unidos.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.