Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

EUA disponíveis para ajudar Moçambique

Aldeia da Paz, Macomia, depois de ataque em Agosto de 20193
Aldeia da Paz, Macomia, depois de ataque em Agosto de 20193 MARCO LONGARI / AFP

Os Estados Unidos manifestaram, esta sexta-feira, disponibilidade para cooperar com Moçambique no combate aos ataques armados em Cabo Delgado. A Rússia também se posicionou nesse sentido.

Publicidade

O novo adido militar norte-americano em Maputo, Fergal James O’Reilly, declarou, esta sexta-feira, em Maputo, que o Governo norte-americano está “mais do que aberto” para cooperar com Moçambique no combate aos ataques armados em Cabo Delgado.

Como em relação a qualquer outro país que está a sofrer esta praga, estamos mais do que abertos a ajudar, de qualquer forma que pudermos, a derrotar este problema que vocês têm aqui”, afirmou, em declarações recolhidas pela agência Lusa.

Fergal James O’Reilly disse que cabe às autoridades moçambicanas decidirem se precisam de ajuda na luta contra a violência no Norte e se pedirem auxílio os EUA vão analisar o tipo de assistência a prestar.

As declarações aconteceram depois da cerimónia protocolar de apresentação ao ministro da Defesa de Moçambique, Jaime Neto, que também fez hoje a acreditação do novo adido de Defesa da Namíbia, Andima Iyambo.

Jaime Neto realçou a importância da cooperação internacional, nomeadamente na manutenção da paz, formação, segurança costeira, saúde militar e exercícios militares conjuntos.

Recorde-se que os ataques armados na província de Cabo Delgado surgiram em 2017. O grupo ‘jihadista’ do autodenominado Estado Islâmico, tem reivindicado alguns ataques desde Junho, mas a sua presença no terreno é considerada pouco credível por especialistas e autoridades.

Os ataques provocaram a morte de, pelo menos, 350 pessoas e mais de 150 mil perderam bens ou foram obrigadas a abandonar as suas casas.

Na província de Cabo Delgado, avançam obras de mega-projectos, como a petrolífera norte-americana Exxon Mobil, que pretendem destacar Moçambique nos produtores mundiais de gás natural daqui a quatro anos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.