Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Mau tempo faz sete mortos em Moçambique

Em Moçambique sete pessoas morreram e setenta ficaram feridas devido aos ventos fortes que fustigaram a zona sul do país. As autoridades moçambicanas estão a fazer um levantamento da situação e a montar um dispositivo de assistência às vítimas.

Publicidade

Sete mortos, setenta feridos e duas mil casas destruídas é o balanço ainda preliminar dos ventos fortes que se abateram sobre a zona sul de Moçambique com maior incidência no distrito de Boane, a trinta quilómetros de Maputo.

O governador da província, Raimundo Diomba, visitou as famílias afectadas e prometeu ajuda. O responsável político afirmou que as prioridades passam pela ajuda às famílias e pela criação de infra-estruturas para recolher os desabrigados.

O mau tempo caracterizado por chuvas e ventos fortes foi o resultado das altas temperaturas que atingiram perto dos 45 graus consideradas as mais altas dos últimos vinte anos pelos serviços meteorológicos de Moçambique.

Correspondência de Orfeu Lisboa

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.