Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Governo moçambicano nega existência de abusos aos direitos humanos no país

O Governo moçambicano considerou infundadas as alegações de abusos aos direitos humanos, alegadamente, perpetrados pelas forças de defesa e segurança contra moçambicanos refugiados no Malawi, no quadro da actual crise político-militar no país.

Publicidade

O governo moçambicano decidiu investigar supostos abusos aos direitos humanos depois de terem recolhido informações junto de cidadãos que fugiram para o Malawi.

Numa altura em que cerca de 11.000 moçambicanos da província de Tete se encontram refugiados num centro improvisado em Kapise, no sudoeste do Malawi, para fugir aos confrontos militares.

Presidente da Liga dos Direitos Humanos em Moçambique, Alice Mabota, encontra-se na província de Tete, e confirma que a liga já tinha avançado as constatações avançadas agora pela ONG Human Rights Watch.

"Fomos ao terreno e fomos constatar que, de facto, houve abusos muito sério. Estou em Tete, não ouvi o governo e como é que reagiu. Só ouvi, antes de sair, o governo mandou uma comissão constituída pelo vice-ministro da Justiça para vir a Tete para constatar os abusos" descreve Alice Mabota.

No mês passado, a organização de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch (HRW) revelou através de um relatório testemunhos de pessoas que fugiram de Moçambique devido a abusos do exército e que dizem ter medo de voltar para casa.

A ONG congratulou-se com com a decisão do governo investigar acusações de direitos humanos em Tete e que estiveram na origem da saída de milhares de pessoas para o Malawi.

O governo tem "que nomear comissões independentes que não têm interesse na causa, o vice-ministro da Justiça tem interesse na causa e pensa que ao dizer que o governo está a violar os direitos dos cidadãos está a salvaguardar a imagem do governo - quando não é verdade ,porque estas questões tarde ou cedo hão-de vir à superfície", defende a presidente da Liga dos Direitos Humanos em Moçambique.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.