Acesso ao principal conteúdo
Moçambique / Malária

Moçambique : Vacina contra a Malária em 2017 ?

Mosquiteiro numa "roça" em São João dos Angolares
Mosquiteiro numa "roça" em São João dos Angolares Miguel Martins/RFI

Seis países do Contiente africano poderão erradicar a malária (ou paludismo) até 2020, segundo um Relatório da Organização Mundial da Saúde, publicado a 25 de Abril, dia mundial de luta contra a malária. Esses países são Cabo Verde, Argélia, Suazilândia, Botswana, Africa do Sul e Comores. Em Moçambique, vão ser efectuados os últimos testes antes da possível comercialização duma vacina, em 2017.

Publicidade

 Por ocasião do Dia mundial da Malária, o Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, emitiu um comunicado sobre a luta que o arquipélago trava contra esta perigosa doença.

Nele se pode ler " No que diz respeito à Malária, os cabo-verdianos podem se congratular com os resultados obtidos até 2015, em que os esforços para a eliminação do vector de transmissão dessa doença (os mosquitos), a melhoria das condições dos serviços de saúde e o investimento em acções de sensibilização e informação levaram a que se atingisse o “Objetivo do Milénio” a esse nível: a taxa de mortalidade que era, em 2006, de 1,5 por 100.000 habitantes, diminuiu, em 2012, para 0,2 por 100.000 habitantes (abaixo de 1 por 100.000 habitantes), o que significa que o país atingiu a fase de pré-eliminação da malária.

Outro relatório da OMS, publicado a 20 de Abril do corrente ano, em Copenhaga, sede europeia daquele organismo, revelava que - em 2015 - a malária atingiu 214 milhões de pessoas a nível mundial, e matou 438.000. Ainda não existe nenhuma vacina comercializada, mas vários Laboratórios estão a trabalhar nesse sentido. 

O Director do Programa Nacional de Controlo da Malária, no Ministério da Saúde de Moçambique, Dr. Baltazar CANDRINHO, explica que - antes de ser comercializada a vacina contra a malária - é preciso "fazer um piloto", ou seja, realizar testes de segurança e conformidade.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.