Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Tensão política agudiza-se em Moçambique

RFI/Orfeu Lisboa

Maputo permaneceu hoje com um rosto de muito menos movimento do que o habitual, sob o espectro de protestos que a polícia conseguiu inviabilizar. Em causa um movimento nas redes sociais apelando a protestos contra a elevada dívida pública.

Publicidade

A cidade de Maputo viveu momentos de relativa acalmia nesta sexta feira devido à ameaça de marchas em protesto contra a elevada dívida pública contraída pelo Estado junto dos seus credores. A polícia garante o porta voz da cidade de Maputo, Orlando Modumane, mobilizou-se em força para desencorajar e reprimir qualquer tentativa.

As instituições públicas incluindo escolas só abriram as portas ao início da tarde. Os privados mantiveram-se na sua maioria encerrados. O número de viaturas a circular era pouco elevado. Entretanto a ameaça de greve convocada através das redes sociais mantém-se. Em causa a dívida pública contraída pelo Estado segundo instituições financeiras internacionais e doadores de forma nada transparente.

Mais pormenores com o nosso correspondente Orfeu Lisboa.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.